Após meses de discussões e consultas, o texto base do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFSM foi apreciado e aprovado pelo Conselho Universitário (Consu), na manhã desta quinta-feira (15). O documento, que terá vigência de dez anos, traça a filosofia e a missão da Universidade.

O PDI é o documento que identifica e norteia o que é desenvolvido em uma instituição de ensino. Diz respeito à filosofia de trabalho, à missão e às atividades acadêmicas realizadas ou pretendidas. Desta forma, serve de base para o planejamento como um todo, guiando o trabalho dos cursos, centros de ensino, departamentos e programas. Além disso, é o instrumento que o Ministério da Educação (MEC) e outros órgãos de controle utilizam para avaliar a instituição.

A construção do PDI 2016-2026 foi coordenada pela Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) e contou com a participação de alunos, professores, técnico-administrativos, gestores e comunidade externa. Sete Desafios Institucionais orientaram a elaboração do documento: internacionalização; educação inovadora e transformadora com excelência acadêmica; inclusão social; inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia; modernização e desenvolvimento organizacional; desenvolvimento local, regional e nacional e gestão ambiental. Incluindo os anexos, são 441 páginas que trazem, além do plano propriamente dito, uma relação completa com todas as contribuições que foram analisadas, bem como a metodologia utilizada para elaborar o documento. O processo de construção do PDI envolveu a criação de comissões temáticas e teve a participação da comunidade que, através de formulários e da consulta pública, enviou mais de três mil respostas e sugestões.

O texto aprovado contém cinco capítulos:

Capítulo 1 - Introdução:apresentação da UFSM e resumo sobre o conteúdo do documento;

Capítulo 2 - Perfil institucional:informações gerais sobre diferentes aspectos da UFSM;

Capítulo 3 - Planejamento estratégico:planejamento estratégico da Instituição, contendo os 45 objetivos a serem alcançados pela UFSM nos próximos dez anos;

Capítulo 4 - Projeto Pedagógico Institucional:novo Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da UFSM, já aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e contendo as diretrizes das políticas de ensino, pesquisa e extensão;

Capítulo 5 - Diretrizes das políticas institucionais:conjunto de diretrizes a serem seguidas pela Instituição no que diz respeito às seguintes áreas: planejamento e avaliação; governança, controle interno e gestão de riscos; organização administrativa; gestão de pessoas; gestão orçamentária; tecnologia da informação; assistência estudantil; infraestrutura e gestão do acervo bibliográfico; gestão ambiental; inovação, empreendedorismo e transferência de tecnologia; comunicação; acessibilidade.

O documento completo pode ser acessado aqui. Vale ressaltar que o texto base pode ser alterado durante o período de vigência, conforme necessidade.

Texto: Andressa Motter, acadêmica de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias


Calendário

Nenhum evento encontrado